Ortopedia: saiba mais sobre as dores articulares

Evite lesões ao voltar a praticar corrida
26 de agosto de 2019
Confira tudo o que você precisa saber sobre as micoses
13 de setembro de 2019
Exibir tudo

As articulações são compostas por cartilagem, ligamentos, tendões, bursas e membrana sinovial, além das extremidades ósseas. São estas estruturas complexas que permitem a realização de movimentos.

As dores articulares são quaisquer dores que ocorram nas articulações do corpo, provocando desconforto ou incômodo. Elas podem ocorrer em repouso ou durante a realização de movimentos musculares. Em casos mais graves, as dores limitam o movimento e prejudicam o bem-estar e a qualidade de vida do paciente. 

Faça o seu agendamento aqui

Quais são os sintomas das dores articulares?

Alguns pacientes relacionam as dores à rigidez e à sensação de queimação ou inflamação. O clima influencia diretamente na incidência dos sintomas. Em períodos mais frios, o desconforto nas articulações causado pelas dores tende a aumentar. 

 

Quais são as causas destas dores?

Diversas lesões ou doenças podem provocar as dores nas articulações. Entre elas estão a bursite (ou inflamação das bursas), artrite séptica, caxumba, condromalácia patelar, doença de Lyme e doenças autoimunes. Doenças infecciosas, catapora, febre reumática, gota, gripes, hepatites (A, B ou C), osteomielite, rubéola e parvovirose podem ser outras causadoras. O mesmo pode ser dito de sarampo, tendinite e lesões provocadas por esforços extremos ou excessivos. 

 

Existem fatores de risco?

Sim. De modo geral, pacientes que se alimentam de modo irregular, fumantes, obesos e sedentários possuem mais chances de desenvolver dores articulares.

O controle do peso é importante para aliviar a pressão sobre as articulações. Praticar exercícios físicos ajuda a fortalecer os músculos e também diminuem a sobrecarga nas articulações. Isso acontece porque músculos tonificados conferem mais estabilidade ao corpo. No início, o paciente deve optar por atividades de baixo impacto, como caminhada, natação e bicicleta, além daquelas que promovem o fortalecimento muscular.

Alimentos ricos em cálcio e vitamina D ajudam a manter a densidade dos ossos, diminuindo as chances de problemas como osteoporose. O tabagismo, por sua vez, reduz a massa óssea e enfraquece as articulações, elevando as chances de ocorrer uma lesão.

 

Quais complicações podem ser mascaradas pelas dores articulares?

As dores são comuns a diversas patologias, como infecções, inflamações, artrite reumatoide e osteoartrite. Esta última é caracterizada pelo desenvolvimento de osteófitos e pela degeneração da cartilagem articular. O tratamento destas condições requer cuidados e medicamentos específicos.

 

Como obter o tratamento?

Para obter o tratamento correto, é essencial que o paciente receba um diagnóstico preciso. Conhecer o que provoca as dores articulares é a chave para aliviar os sintomas. Da mesma forma, quanto antes for iniciado o tratamento, melhores serão a reação e a recuperação do organismo ao método proposto.

Caso haja ligação com a queda de temperatura, algumas medidas podem ajudar a aliviar as dores. O paciente deve se agasalhar bem, em especial regiões como cabeça, pescoço, mãos e pés. Outra opção é aplicar bolsas de água quente nos locais doloridos a fim de reduzir o incômodo, pois o calor relaxa os músculos.

A prática de atividades físicas, desde que proposta por um médico e acompanhada por um profissional qualificado, traz uma série de benefícios. O mesmo pode ser dito de sessões de fisioterapia devidamente indicadas pelo seu médico de confiança.

 

Faça o seu agendamento aqui
WhatsApp ATENDIMENTO